PRAÇA DOM FELICIANO, 78 - SALA 503 PORTO ALEGRE - RS - Telefone: (51) 3221.2211 - Whatsapp: (51) 99337.9560
A tuberculose é uma doença extremamente prevalente no Brasil, e no Rio Grande do Sul isto não é diferente. Admite-se que a grande maioria da população brasileira contenha o bacilo causador latente em algum local do corpo, tendo em vista que a doença não compromete somente os pulmões (pode ocorrer nos ossos, no cérebro, nos intestinos e até mesmo na bexiga). Em determinadas situações de imunossupressão ou estresse a doença é “reativada” tendo indicação de tratamento com tuberculostáticos.
Embora a tuberculose seja uma doença essencialmente clínica, é muito comum o paciente necessitar algum tipo de procedimento cirúrgico para diagnosticar ou tratar eventuais sequelas.
Casos que se apresentem com derrame pleural, é importante considerar a realização de uma toracocentese com biópsia de pleura para um diagnóstico mais preciso. Alguns casos pode ser necessária a realização de pleuroscopia. Pacientes que tenham diagnóstico de tuberculose recente e que apresentem lesões pulmonares complexas podem ser candidatos à ressecção das mesmas para descartar presença de tumores concomitantes ou prevenção contra sangramento respiratório (hemoptise).
Alguns casos suspeitos de tuberculose pulmonar demoram mais a serem diagnosticados, ou por ausência de escarro, ou por incapacidade do paciente em realizar uma coleta de escarro adequada. Nesses casos a broncoscopia flexível pode confirmar o diagnóstico propiciando um tratamento mais eficaz e seguro.
tuberculose